Celso Blues Boy morre aos 56 anos e deixa música brasileira de...

Celso Blues Boy morre aos 56 anos e deixa música brasileira de luto

2 12
Celso Blues Boy

Celso Blues Boy, de 56 anos, uma das lendas vivas da música brasileira, morreu por volta das 8h50m desta segunda-feira, 6,  em sua casa, em Joinville, Santa Cantarina, onde vivia há mais de uma década. Um dos maiores guitarras de todos os tempos do Brasil,  cantor e compositor, Celso sofria de câncer na garganta há cerca de um ano. De acordo com o Serviço de Verificação de Óbito de Joinville, Celso mantinha a existência da doença em segredo e se recusou a fazer os tratamentos necessários. A pedido do próprio Celso, seu corpo não será velado e já foi encaminhado para um crematório em Blumenau.

Nascido Celso Ricardo Furtado de Carvalho, Rio de Janeiro, 5 de janeiro de 1956 — Joinville, 6 de agosto de 2012) foi um cantor, compositor e guitarrista brasileiro.

Começou a tocar profissionalmente na década de 1970, acompanhando Raul Seixas e Sá & Guarabyra. Montou a banda Legião Estrangeira em 1976, com a qual se apresentava em bares e casas de show. Passou a ser mais conhecido a partir de 1980, quando mandou uma fita para a Rádio Fluminense, no Rio, voltada para o repertório roqueiro. Gravou o primeiro disco em 1984, “Som na Guitarra”, que incluía seu maior sucesso: “Aumenta que Isso Aí É Rock’n Roll”. Um dos primeiros a cantar blues em português, escolheu o nome artístico em homenagem ao ídolo B.B. King, um dos pais do gênero, com quem também tocou na década de 1980. No fim da sua vida morava em Joinville, Santa Catarina.

Foi um ilustre torcedor do Vasco da Gama, tendo participado do Megashow comemorativo dos 113 anos do clube, onde tocou em sua guitarra o Hino do Club de Regatas Vasco da Gama.

Faleceu em 6 de agosto de 2012 na cidade de Joinville em decorrência de um câncer na garganta.

Discografia

2011 - Por um monte de cerveja

2008 - Quem foi que falou que acabou o rock n’ roll? (DVD ao vivo, Gravado no Circo Voador)

1999 - Vagabundo errante 1998 - Nuvens Negras Choram

1996 - Indiana Blues 1991 - Ao vivo – Celso Blues Boy

1989- Quando a noite cai 1988 - Blues Forever

1987 - Celso Blues Boy 3

1986 - Marginal Blues 1984 - Som na Guitarra.

2 Comentários

  1. Apagou-se a LUZ VERMELHA da casa onde durante tempos se viu passar o EXPRESSO DA NOITE. Acenderam-se muitas luzes azuis, BLUES… o PÁSSARO PERDDIDO agora encontrou o seu ninho.CELSO siga sua luz BLUE, BOY agora você não se sentirá mais SOZINHO e nem TREMENDO DE FRIO.
    DE: Lucimar Botelho

  2. Que pena! Que enorme perda para a verdadeira música! Gente como o Celso não deveria morrer. Ele tinha muita coisa boa a doar para esse nosso pobre país. Grande músico! Grande cara! Que você esteja bem, onde estiver agora Celso. Sinto-me muito triste…

Deixe uma opinião