Famosos criticam duramente nomeação de Marco Feliciano, acusado de racismo e homofobia

Famosos criticam duramente nomeação de Marco Feliciano, acusado de racismo e homofobia

0 60

Famosos e anônimos protestaram contra nomeação de pastor acusado de homofobia e racismo

[adsenseyu2]

Famosos criticam duramente nomeação de Marco Feliciano, acusado de racismo e homofobia
Manifestantes foram às ruas contra Marco Feliciano

A  nomeação do pastor e deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP) para presidir a Comissão dos Direitos Humanos e Minorias na Câmara Federal gerou ato de repúdio nas ruas de todo o Brasil e de diversos artistas nas redes sociais. O Pastor e politico O político é acusado de racismo e homofobia por ativista e investigado por estelionato no STF (Supremo Tribunal Federal).

Famosos criticam duramente nomeação de Marco Feliciano, acusado de racismo e homofobia
Protesto contra Marco Feliciano

Por conta disso um sem fim de famosos e anônimos estão fazendo duras criticas e seguem a protestar contra a nomeação de Marcos.

Veja o que as celebridades escreveram em suas redes sociais:

Luciano Huck, apresentador: “Se o conclave papal seguir a lógica do Congresso Brasileiro para eleger seus presidentes de comissões, é capaz do  (MahmoudAhmadinejad (presidente do Irã) virar Papa”.

Gaby Amarantos, cantora: “Andei lendo algumas declarações do pastor Feliciano e custo acreditar que existem pessoas que pensem assim, ele diz que ser negro é azar, só um exemplo. Desculpa amores, mas estou tão revoltada com essa situação de termos esse pastor homofóbico e racista presidindo a CDH que nem dei amor vocês… A questão vai além da religião, se trata do revermos muita coisa nesse país #ForaFeliciano ‘Amai-vos uns aos outros’ simples assim!”

Marcelo Tas, apresentador: “Semana histórica no Distrito Federal. Quem diz que Congresso é latrina é desatualizado. O buraco é mais embaixo. A coisa fede muito mais. PT: explique a barganha política que leva o pastor @marcofeliciano à presidência da Comissão dos Direitos Humanos”.

Aguinaldo Silva, autor de novelas e escritor: “Não quero condenar ninguém. Mas sei que existem evangélicos muito mais capacitados a ocupar o posto dado ao pastor Marcos Feliciano. O problema do pastor Marcos Feliciano não é ele ser evangélico: é ter opiniões que se chocam com a comissão que trata dos direitos humanos”.

[adsenseyu2]

Xuxa, apresentadora: “MEU DEUS!!! Eu tava lendo agora sobre esse ‘pastor’… Que DEUS nos ajude. Gente!!!! Socorro! Vamos fazer alguma coisa! Esse “deputado” disse que negros, aidéticos e homossexuais não têm alma. Existem crianças com Aids. Para este senhor, elas não têm alma?????? O que é isso meu povo? E hoje tá nos jornais que ele ainda, durante uma pregação, disse a um fiel, que ‘doou o cartão, mas não a senha. Aí não vale. Depois vai pedir milagre para Deus . Deus não vai dar e vai dizer que Deus é ruim!!!!!!!!!’ Todo mundo sabe o quanto eu respeito todas as religiões, mas esse homem não é um religioso, é um monstro. Em nome de DEUS, ele não pode ter poder… Religiosos (padres, pastores, evangélicos), todos os religiosos, todos sabem que o que ele fala e “prega” está errado. Como vamos nos proteger deste tipo de pessoa? Esta pessoa não pode ser presidente da Comissão de Direitos Humanos. Ele não pode ter este espaço para usar, pisar e denegrir o ser humano… Esse é o direito de nós, humanos, nos protegermos desse tipo de pessoa”.

Tico Santa Cruz, cantor: “Pastor @marcofeliciano a democracia vai tirá-lo deste cargo! Lembre-se disso! Nós vamos tirá-lo daí! O senhor não representa NEM OS EVANGÉLICOS”.

Sérgio Marone, ator: “É lamentável a nomeação do deputado Marco Feliciano para presidir a CDHM da Câmara. Este parlamentar não representa, com suas ideias, os direitos humanos. É um acinte ao Congresso e ao povo brasileiro. A homofobia e o racismo devem ser tratados como crimes”.

Sarah Oliveira, apresentadora: “Não sei o que faria se o encontrasse RT @celsodossi “A Aids é câncer gay” – Pastor Marcos Feliciano, novo presidente da comissão de Direitos Humanos. Não dá para sustentar a loucura deste pastor” (Sarah Oliveira, (Aguinaldo Silva, autor de novela)

 

 

Deixe um Comentário