Furacão da CPI: Denise Rocha nua na Playboy de setembro: Fiz por necessidade

Denise Rocha conta sobre suas fotos nua | Reprodução de Internet

A Playboy de setembro terá fotos de Denise Rocha nua. A assessora, famosa como Furacão da CPI após vazar um vídeo de sexo na net, foi exonerada e disse que havia recusado convite para posar nua. Em entrevista ao G1 a loira contou que voltou atrás e que, o ensaio fotográfico foi feito em São Paulo. Ela não quis comentar o valor que recebeu pelas fotos, mas disse que estava precisando do dinheiro.

“Eu fiz por necessidade. Tenho de pagar advogados, peritos, pagar minhas contas”, afirmou o Furacão da CPI ao G1.

O vídeo em que a ex-assessora aparece fazendo sexo chegou a ser visto nas telas de notebooks de parlamentares durante uma das sessões da CPI do Cachoeira – Denise Rocha era assessora do senador Ciro Nogueira (PP-PI), membro da comissão.

“O ensaio teve relação com a CPI. Eles [parlamentares] ficaram vendo meu vídeo na CPI. Pelo menos agora eles vão me ver de uma forma mais bonita. E espero que seja fora das dependências do Senado. Lá [Senado], eles estão para trabalhar”, disse Denise Rocha.

Ela foi exonerada do cargo no gabinete do senador Ciro Nogueira  no começo deste mês. Desde então, afirma, está desempregada.

““O dinheiro [da revista] não paga meu estresse. Eu não vou desistir de provar judicialmente toda a injustiça que fizeram comigo””, afirmou.

A advogada deu queixa na Delegacia da Mulher, e a Polícia Civil do Distrito Federal investiga quem foi o autor do vazamento do vídeo. Segundo a polícia, o homem que aparece com ela nas imagens foi ouvido e negou ter sido o responsável pelo vazamento.

Furacão da CPI: Denise Rocha nua na Playboy de setembro: Fiz por necessidade

Denise Rocha

sabia mais:

Caiu na net vídeo de sexo da assessora Denise Leitão Rocha

Denise Rocha, que teve vídeo sexo na net, é apontada como affair de Romario

Após vídeo de sexo, Denise Rocha é demitida e tem proposta da Playboy

Denise Rocha, o Furacão da CPI, recebeu convite do Pânico

Como o Visto Livre Magazine adiantou, como Denise Rocha aceitou, a Playboy de Leona Cavalli nua, que já realizou a sessão de fotos e seria a capa da próxima publicação, passa a ser a edição de outubro da revista. Ela mesmo fez o anúncio em seu Twitter na terça-feira. “Acabei de saber, será outubro”, escreveu Leona em resposta a um seguidor.

Caso o leitor seja maior de 18 anos e queira assistir ao vídeo de Sexo Denise Rocha, basta clicar AQUI.

 

 

Furacão da CPI: Denise Rocha nua na Playboy de setembro: Fiz por necessidade

Denise Rocha vai mostrar sua nudez na Playboy

Denise Rocha  disse que a decisão de demiti-la do Senado após o vazamento de seu vídeo de sexo é machista, já que não há ligação entre o vídeo e o trabalho. Segundo Denise, o vídeo foi feito por um parceiro há 6 anos:

“É um vídeo de seis anos atrás. Eu tenho que processar o cafajeste que fez o mal para mim e os sites que prosperaram isso.”

Segundo colegas, no ano passado Denise teria sido convidada para participar da prova “Afogando o Ganso” do programa Pânico na TV, mas rejeitou justamente pela incompatibilidade com o cargo que ocupava.

Nas cenas em que aparece fazendo sexo, a assessora parlamentar Denise Leitão Rocha dá a entender que a máquina fotográfica usada para a filmagem é dela. Logo no início do filme, o parceiro de Denise pergunta:

 

 

 

 

A tatuagem com patinhas de cachorro

 

 

 

– Tá filmando?

Ela confirma.

Nove segundos depois, ele repete para se certificar:

– Tá filmando mesmo?

E ela pede a máquina:

– Deixa eu ver.

O vídeo tem duração de 2 minutos e 56 segundos e mostra todo o ato sexual entre eles, com close nas partes íntimas dos dois na maior parte do tempo.

Deixe um Comentário