BBB 12: Entrevista: Fael quer usar o prêmio para ‘retribuir o carinho...

BBB 12: Entrevista: Fael quer usar o prêmio para ‘retribuir o carinho do público’

1 76
BBB 12: Entrevista: Fael quer usar o prêmio para retribuir o carinho do público
Fael: "Quero tomar um tereré e queimar uma carne"

O grande campeão do BBB 12, Fael concedeu sua primeira entrevista fora da casa. O caubói da edição ganhou com 92% dos votos do público, um recorde do programa. Feliz e extasiado com o resultado, o novo milionário, no entanto, admite que ainda não sabe o que fazer com o prêmio de R$1,5 milhão.

“Ainda não tive tempo de pensar. Estou doido é para tomar um tereré e queimar uma carne lá na minha casa”, entrega. “Mas quero fazer alguma coisa para retribuir o carinho do público”, diz o veterinário, que descarta uma carreira política em sua cidade Aral Moreira (MS). “Não digo nunca, mas, no momento, não quero pôr em risco esse carinho do público”, explica.

Fael faz questão de exaltar sua terra natal e pretende tentar levar uma vida simples como antes. “Não vou esquecer o lugar de onde eu vim. Lá é o meu lugar. Quero usar minha juventude para construir minha carreira e ganhar dinheiro. Posso rodar o mundo, mas o meu lugar é Aral Moreira”, declara. O veterinário diz que, em nenhum momento durante o confinamento, imaginou que pudesse ser campeão.

Questionado sobre a nova vida e as mulheres que poderão se interessar por ele, o ganhador do BBB 12 diz estar preparado. Ele manda um recado às ex-companheiras de confinamento: “Ninguém me quis lá dentro. Por que vão querer agora?”, diverte-se. Sobre Fabiana, o ex-brother foi só elogios. Conta que tudo não passou de amizade, mas entrega: “Se ela fosse solteira…”.

Fael revela que pretende visitar Noemí, a espanhola que participou de um intercâmbio cultural durante o programa. Mas, para quem pensa que o novo milionário pretende namorar a hermana, está enganado. Fael revela que pretende resgatar a imagem de Nossa Senhora que Noemí levou para Espanha a pedido dele. “Sou muito religioso. A vinda dela para cá não foi por acaso. Sou uma pessoa simples que mora lá na casa do chapéu. De repente conheço uma menina que conhece um padre. Quando tiver oportunidade, quero visitá-la e conhecer o padre”, planeja.

Fael ainda não sabe o que fazer com o prêmio, porém, conta com muita firmeza, o que aprendeu com a aventura BBB. “Aprendi com o programa o quanto é bom ser competitivo. Antes, eu ia para as competições de laço apenas para ficar com os amigos. Vi com o programa que é muito bom para a gente ser competitivo, querer vencer”, justifica.

Deixe um Comentário